26 de set de 2007

Doação de Mudas

A Secretaria de Meio Ambiente está DOANDO mudas de árvores nativas. Quem tiver interesse, passe lá (Rodoviária Nova) ou ligue para 39831034. Para ganhar a muda será avaliado local para plantio e assinado um termo de compromisso.

PROJETO PLANTIO RESPONSÁVEL - SEMMA

http://www.meioambienteonline.blogspot.com/

17 de set de 2007

Reaproveitamento de Alimentos

Reaproveitar alimentos também é ECOLOGIA, além de fazer bem a sua saúde (e seu bolso!).

Essa matéria foi extraída do site http://www.planetanatural.com.br

Algumas atitudes comuns do dia a dia praticadas pela maioria da população, como por exemplo, cozinhar os alimentos como cenoura, chuchu, e legumes em geral sem a casca, podem retirar as barreiras naturais de proteção destes alimentos contra a perda de seus elementos nutritivos durante a fervura. Excluindo a casca comestível de algumas frutas, acabamos perdendo muitas fibras, que são importantíssimas para o bom funcionamento do intestino. Também não se deve cozinhar os legumes em água e depois jogá-la fora, já que todas as vitaminas hidrossolúveis (aquelas diluídas na água) se perdem.

Você quer saber mais dicas?

Dicas para evitar maiores perdas dos alimentos:

Quando for usar uma metade de abacate, deixe a outra com o caroço – isso evita que ela se deteriore com rapidez;

A abóbora é altamente nutritiva, e devemos nos lembrar de aproveitá-la inteira: casca, folhas, polpa e o cabo. Seus caroços, quando torrados com sal, servem como aperitivo. Use o mesmo procedimento para a soja e sementes do melão;

Cascas, talos e folhas das hortaliças são ricos em fibras e podem ser utilizados em refogados, sopas, bolinhos, recheios para tortas, farofa e etc;

Não adicione bicarbonato de sódio ou outras substâncias químicas na água do cozimento para acentuar sua cor. Alguns nutrientes são destruídos por elas;

Agora, aprenda a reaproveitar sobras de alimentos em algumas receitas interessantes com ingredientes que você nunca pensou em utilizar na sua cozinha:

Pó de Casca de Ovo

Separe a casca, ferva por cinco minutos e seque ao sol. Bata no liquidificador e depois passe por um pano fino. Deve ficar como pó. Utilize uma colherinha nos refogados, sopas, arroz, feijão, molhos, etc.. O pó de casca de ovo é riquíssimo em cálcio, nutriente importante para o crescimento e prevenção da osteoporose, na gravidez e amamentação.

Talos de Agrião

Faça bolinhos ou refogados com carne moída.

Folhas de Brócolis ao Forno

600 g de folhas de brócolis (1 pé); 2 ovos batidos; 2 colheres (sopa) de margarina; ¼ xícara (chá) de farinha de rosca; 2 colheres (sopa) de queijo ralado; sal à gosto.

Cozinhe um pouco as folhas de brócolis com sal e escorra. Misture a farinha de rosca com a margarina derretida e junte todos os outros ingredientes, menos o queijo ralado que deve ser salpicado por cima. Asse em forno moderado por 30 à 40 minutos.

Cascas de Goiaba

Lave-as bem e bata-as no liqüidificador com água. Adoce à gosto.

Cascas da Maçã

Utilize-as no preparo de sucos e chás.

Doce de Casca de Maracujá

Lave 6 maracujás, descasque-os deixando toda a parte branca e dura com água. Deixe de molho de um dia para outro. Escorra, coloque em uma panela com 2 xícaras de açúcar e 3 xícaras de água. Deixe apurar. Se desejar acrescente canela.

Folhas de Couve-Flor

Prepare sopas com folhas desta hortaliça.

Bolinhos de Folhas de Beterraba

1 copo de talos e folhas lavadas e picadas; 2 ovos; 5 colheres (sopa) de farinha de trigo; 2 colheres (sopa) de água; Cebola picada; Sal à gosto; Óleo para fritar

Bata bem os ovos e misture os outros ingredientes. Frite os bolinhos em óleo quente e escorra em papel absorvente.

Folhas de Uva

Podem ser enroladas com carne moída e servidas com molho de tomate.

Folhas de Figo

Pode-se utilizá-las no preparo de licores, chás ou xaropes.

Doce de Casca de Banana

5 copos de cascas de banana nanica, bem lavadas e picadas2 1/2 copos de açúcar.

Cozinhe as cascas, em pouca água, até amolecerem. Retire do fogo, escorra, reserve o caldo do cozimento e deixe esfriar. Bata as cascas e o caldo no liqüidificador e passe por peneira grossa. Junte o açúcar e leve novamente ao fogo lento. Mexendo sempre, até o doce desprender do fundo da panela.

Aperitivo de Cascas de Batata

Cascas de batata; Óleo e sal.

Lave as cascas e frite-as em óleo quente, até ficarem douradas e sequinhas. Tempere à gosto.
Pó de Folha de MandiocaA folha de mandioca é rica em vitaminas e ferro. Seque as folhas de mandioca na sombra e depois bata no liqüidificador. Use uma pitada de sal ao preparar um prato.

Molho de Cascas de Berinjela para Massas

2 dentes de alho picados; 3 colheres (sopa) de óleo; 2 copos de cascas de berinjelas cortadas em tiras de 1 cm de largura; 1 1/2 copo de água; Sal e pimenta do reino à gosto; 1 colher (chá) de orégano; 4 tomates sem pele e sem sementes ou 6 colheres (sopa) de polpa de tomate.

Doure o alho no óleo. Junte as cascas de berinjelas e refogue por 5 minutos. Junte a água, o sal, a pimenta do reino, o orégano e os tomates. Cozinhe por uns 5 minutos até engrossar ligeiramente. Dá para meio pacote da massa de sua preferência.

Bolinho de Talo de Brócolis

2 xícaras (chá) de talos de brócolis cozido; 2 ovos; 1 cebola média picada; Sal à gosto; 6 colheres (sopa) de farinha de trigo; Óleo para fritar.

Bata no liqüidificador os talos cozidos juntamente com os ovos. Retire e misture os ingredientes restantes. Frite as colheradas em óleo quente.

Rama de Cenoura

Com o ramo de cenoura, experimente preparar bolinhos, sopas, refogados e enriquecer tortas e suflês .

Ramas de Cenoura Crocantes

1 xícara de farinha de trigo; 1 colher (sopa) de óleo; Sal a gosto; 30 raminhos de folhas de cenoura; Óleo para fritar; Misture a farinha com o óleo, o sal e 1/2 xícara de água.

Passe ligeiramente os raminhos na massa sem cobrí-los totalmente e frite no óleo quente.

Doce de Casca de Melancia

Cascas de 1/2 melancia; 1/2 kg de açúcar; Cravo à gosto; Canela em pau à gosto.

Remova a parte verde da casca, passe a polpa branca pelo ralador grosso e reserve. Misture o açúcar com 1/2 copo de água, junte cravo, canela e faça uma calda deixando ferver por 10 minutos .

Patê de Talos de Legumes

2 colheres de talos de beterraba e de espinafre; 1 copo de ricota ou maionese; Sal e pimenta à gosto. Bata tudo no liqüidificador. Sirva gelado.

Pudim de Casca de Goiaba

1 copo de suco de casca de goiaba; 1 copo de água; 2 colheres bem cheias de maisena; 3 colheres bem cheias de açúcar.Dissolva a maisena, junte os demais ingredientes e misture bem. Leve ao fogo mexendo sempre até engrossar. Despeje em forma umedecida e leve à geladeira.

Geléia de Casca de Abacaxi

Cascas de um abacaxi; 4 copos de água; Açúcar, o quanto baste; 3 colheres bem cheias de maisena .Lave com uma escovinha as cascas do abacaxi. Bata as cascas junto com a água no liqüidificador. Passe por uma peneira. Junte o açúcar e a maisena dissolvida. Leve ao fogo e deixe cozinhar bem. Despeje em pirex previamente umedecido. Sirva gelado.A receita abaixo foi extraída do livro "Diga não ao desperdício" - Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo

Doce de Casca de Abacaxi com Côco

Casca de 1 abacaxi picada; 2 xícaras (chá) de açúcar; 1 pacote de 100g de côco ralado; 1 colher (sopa) de margarina.

Descasque 1 abacaxi, lave a casca e ferva com um pouco de água. Bata a mistura no liquidificador e coe. A parte que ficou na peneira leve ao fogo em uma panela e acrescente o açúcar, o côco, a margarina e o cravo, se quiser. Mexa sempre até desprender do fundo da panela. Dá 16 porções

11 de set de 2007

Lâmpadas fluorescentes compactas geram economia, mas podem poluir o meio ambiente

Brasília, 01 (Agência Brasil - ABr) - A economia no consumo de energia elétrica é o único fator considerado na hora da troca das lâmpadas incandescentes tradicionais pelas fluorescentes compactas. Em tempos de racionamento, a redução média de 70% no kilowatt consumido fez desse produto o atual objeto de desejo de todos os consumidores brasileiros.Economia e durabilidade são as características determinantes para dar vantagem às fluorescentes nesse embate com as incandescentes. Entretanto, aspectos menos comentados, mas não menos importantes, como poluição ambiental e a distorção na forma da corrente elétrica, colocam em cheque a superioridade dessas lâmpadas.A presença de mercúrio nas lâmpadas fluorescentes não é novidade para muitos. Estando intacta, a lâmpada não oferece perigo algum ao homem ou ao meio ambiente. Quando quebradas, elas liberam vapor de mercúrio que inalado pode se depositar no organismo. A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a legislação nacional estimam em 33 microgramas de mercúrio por grama de creatinina urinária o limite de tolerância biológica para o ser humano.Todavia, a inalação não é a única forma de contaminação pelo vapor de mercúrio. Uma vez liberado, vai se depositando no solo, rios, lençóis freáticos, terminando por alcançar a cadeia alimentar, tendo como depósito final os seres humanos. O descarte sistemático dessas lâmpadas em aterros, sem a descontaminação e sem cuidados de armazenamento, eleva para níveis preocupantes a quantidade desse elemento químico no meio ambiente.Em 2000, das cerca de 40 milhões de lâmpadas fluorescentes comercializadas no país, apenas 2 milhões, predominantemente as tubulares, foram recicladas. Com o incentivo ao consumo das lâmpadas fluorescentes compactas, já isentas pelo governo do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS), essa situação tende a se agravar. Observando o fato, o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) está criando um grupo de trabalho para regular o descarte das lâmpadas.A descontaminação é a melhor alternativa para essas lâmpadas usadas. No Brasil, apenas a empresa Apliquim, localizada em Paulínia (SP), detêm a tecnologia necessária para extrair o mercúrio. É um das poucas empresas do mundo que recuperam completamente o mercúrio. Após separado, o metal é vendido para uso industrial. “Não vendemos para garimpeiros, normalmente quem compra o mercúrio são as próprias empresas que fabricam as lâmpadas ou empresas de termômetros”, garante Cyro Eyer do Valle, sócio-presidente da Apliquim.Segundo Cyro, grande parte das instituições que descontaminam voluntariamente as lâmpadas fluorescentes usadas buscam obter o certificado ISO 14000, condição exigida por alguns mercados consumidores para a entrada de produtos estrangeiros. Esse selo verde é uma garantia de que a entidade utiliza métodos industriais que não agridem o meio ambiente. Entre os clientes da Apliquim destacam-se as grandes indústrias, alguns hospitais, universidades e órgãos governamentais, como a Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental de São Paulo (Cetesb), e até mesmo escolas e igrejas.Para o cidadão comum que não tem como encaminhar suas lâmpadas para a descontaminação, Cyro sugere que se guarde a embalagem original para acondicioná-las após o uso. “Essa atitude diminui a possibilidade da lâmpada se quebrar até ser depositada em algum lugar”, explica ele. Da mesma forma que há normas para o recolhimento de baterias de celular e pilhas usadas, Cyro acredita que o Conama deverá instituir regras para o descarte de lâmpadas fluorescentes compactas. (Hebert França)

6 de set de 2007

O que você pensa quando vê essa foto?


Esse é um sagui que recebemos para encaminhar ao Ibama. Um animal que deveria estar livre é mantido assim e nunca mais poderá retornar à natureza. O que você pensa sobre isso?

3 de set de 2007

Feira do Livro

A Secretria de Meio Ambiente está patrocinando a 8ª edição da Feira do Livro em Venâncio organizada pelo SESC. Confira a Programação e participe!

8ª FEIRA DE LIVROS DE VENÂNCIO AIRES
Dias: 05, 06 e 07 de Setembro de 2007!

TEMA: “NATUREZA: UM LIVRO ABERTO

Local: Pavilhões São Sebastião Mártir.

Realização: SESC Venâncio Aires

Co-Realizador: Prefeitura Municipal de Venâncio Aires e Secretarias de Educação, Juventude, Cultura, Desporto e Lazer.

Patrocínio - UNISC e Secretaria Municipal do Meio Ambiente.
Apoio – Restaurante Genz, Madrugada Alimentos, Restaurante Bifão, Rádio Terra FM e Gravadora Vertical.

Programação Feira de Livros


DIA 05 – QUARTA-FEIRA

9h Abertura Oficial
9h30m Apresentação Teatral “CAPITÃO LIVRÃO” alunos da EMEF Santo Antônio de Pádua de Mato Leitão.
10h Espetáculo Teatral – “EM BUSCA DAS ÁGUAS PERDIDAS” – Grupo Curto Arte – Dois Irmãos.

13h30m Apresentação Teatral – “CAPITÃO LIVRÃO”
15h Espetáculo Teatral - “ EM BUSCA DAS ÁGUAS PERDIDAS“
19h30m Apresentação GRUPO VOCAL APARECIDA, CORAL VENÂNCIO EM CANTO e ESCOLA VIOLÃO MÁGICO. Promoção: Colégio Nossa Senhora Aparecida, Coral Venâncio em Canto e Escola Violão Mágico. Local: Auditório do Colégio Aparecida.
20h Encerramento da Visitação.

DIA 06 – QUINTA-FEIRA

9h Abertura da Feira
9h Apresentação Teatro de Fantoches “ A PRISÃO DO ZOIÚDO” com a autora Valquíria Ayres Garcia – Santa Cruz do Sul
10h Espetáculo Teatral – “AS BARBAS DO MENINO” – Grupo Teatro Luz e Cena – Novo Hamburgo.
11h Apresentação Teatro de Fantoches “O SAPO...” com a autora Valquíria Ayres Garcia.

14h Apresentação Teatro de Fantoches “ A PRISÃO DO ZOIÚDO” .
15h Espetáculo Teatral - “AS BARBAS DO MENINO”.
16h Apresentação Teatro de Fantoches “O SAPO...”
19h TIO CÉLIO E ORQUESTRA SEM NOTAS – Venâncio Aires
19h30m Encontro com o Escritor Marlon Almeida – Porto Alegre
21h Encerramento da Visitação.

Dia 07 – SEXTA-FEIRA

9h Abertura da Feira.

14h Mateada Cultural, parceria Madruga Alimentos - Brinquedos Infláveis do SESC.
15h Apresentação Grupo Mirim DTG Piazito da Tradição – Escola Cidade Nova.
15h30m Apresentação Grupo Juvenil DTG Piazito da Tradição – Escola Cidade Nova.
16h Show Musical com Grupo Manotaço e Alma Crioula - Apoio Cultural Terra FM e Gravadora Vertical.
19h Encerramento da Feira de Livros.


PROGRAMAÇÃO PARALELA
Espaço Criança
Cantinho da Leitura
Tenda de Contação de Histórias
Centro Cultural Móvel do SESI

LIVRARIAS PRESENTES NO EVENTO:

Cometa Livraria e Papelaria – Venâncio Aires
A Livraria – Venâncio Aires
Livraria Bamboler – Venâncio Aires
Livraria da UNISC - Santa Cruz do Sul
Livraria São Paulo – Cachoeira do Sul
Armazém Livraria e Papelaria – Estrela
Solano Livros - Porto Alegre

Globo Reporter

Assisti ao Globo Reporter e achei a matéria realmente muito interessante. É muito bom que se pense sobre os maus tratos aos animais domésticos e silvestres:

http://globoreporter.globo.com/Globoreporter/0,19125,VGC0-2703-18190-5-299216,00.html