29 de mai de 2007

Programação da Semana do Meio Ambiente 2007

Mais atividades serão desenvolvidas durante a Semana do Meio Ambiente:

- Palestras nas escolas: Benno Breuning, Aparecida.

- Participação do 1° Fórum Estudantil Ambiental do Colégio Gaspar.

- Plantio de flores na Praça da Matriz: Projeto de Meio Ambiente da Pré-escola do Colégio Aparecida (dia 5 - 10h e 14h).






Mais sobre podas

Podas de flores

AZALÉIAS: As azaléias devem ser podadas todos os anos, retirando-se de 20 a 30 cm de cada um dos ramos, mas isso só deve ser feito após o final da florada.

ROSAS: Nas roseiras arbustivas as hastes mais fortes podem ser deixadas mais longas, hastes menos viçosas devem ser podadas mais baixas. Nas roseiras trepadeiras as hastes mais longas devem ser podadas a cerca de 1/3 do seu comprimento total.

* Não esqueça: podas de flores apenas após o final da florada.

Cercas-vivas

Recém plantadas: pode a 20 cm do solo. Isso é essencial para encorajar o surgimento de novos ramos desde a base, possibilitando o fechamento mais denso e rápido.

Plantas velhas ou que não progridem: pode a um palmo do nível do solo. Isso renovará a parte aérea da planta.

Lembre-se: a poda drástica NÃO deve ser feita em árvores. Além de prejudicial à planta ela é proibida, gerando multas que vão de R$ 104,00 a 1.040,00 por árvore!


(Bióloga Mariana Faria Corrêa)

24 de mai de 2007

Centro Social Raio de Luz


Já faz algum tempo que a Semma está realizando oficinas ambientais no Centro Social Raio de Luz, abordando temas como consciência ecológica, separação de lixo, cuidados com o meio ambiente e saúde, etc. As atividades são quinzenais e cerca de 70 crianças são atendidas. O próximo passo é a criação de uma horta. Para isso contamos com a fundamental ajuda dos técnicos da Secretaria de Agricultura.


Hoje estiveram lá o agrônomo Giovane e o técnico agrícola Gérson Rodrigo explicando como será feita a horta e ensinando como se dá o nascimento de uma semente através da experiência do plantio de feijão e milho.

Mais teatro




Mais uma sessão e o teatro estava completamente lotado. Obrigada às escolas que compareceram!

22 de mai de 2007

Visite a Semma


A Semma tem recebido diversos alunos que vêm em busca de informações para trabalhos escolares. A Secretaria está aberta para toda a comunidade e é um grande prazer ajudar. Sejam bem vindos!

Aprender a preservar

Dentre as atividades programadas para a comemoração dos 116 anos do município, a peça teatral encomendada pela Semma "Aprendendo a Preservar, uma questão de consciência" do grupo venâncio-airense Ecos da Periferia se demonstrou uma agradável surpresa.

A peça tem como objetivo tratar de uma forma direta e bem humorada a questão da necessidade da preservação ambiental. A sua estréia foi muito aplaudida por alunos e professores e todas as sessões estão lotadas.



Folha do Mate de 15 de maio de 2007


Teatro integra programação de aniversário do município


Podas



PODAS DE ÁRVORE

O frio mal começou e parece que toda a cidade resolveu que já era hora de podar as árvores. Há galhos por toda parte, montes e mais montes espalhados por Venâncio Aires. E o resultado são árvores mutiladas, fracas e condenadas. Parece exagero? Pois não é. Todos os dias recebemos solicitações de corte de árvores da arborização pública. Na maioria dos casos nos deparamos com árvores doentes, fungadas ou danificadas por manejo inadequado. Árvores que, por natureza, viveriam muitos anos, em pouco tempo estão tão deterioradas que precisam ser removidas.

E por que poda-se uma árvore? Bom, no ambiente natural não há necessidade de podá-las. Elas crescem livremente e em resposta a qualidade do solo, iluminação, etc. Mas na cidade as árvores e os equipamentos urbanos precisam conviver. Tudo começa com a escolha da árvore certa. Nem todas as árvores são adequadas à arborização urbana. Algumas são muito grandes, outras emitem raízes superficiais ou muito vigorosas, algumas têm a copa muito ampla. Há ainda árvores com frutificação muito intensa, ou frutos muito grandes e pesados. Árvores são investimento para longo prazo. Custam a crescer, demandam certo cuidado no início e vivem muitos anos. Não se pode ser imediatista quando é este o assunto. Nem sempre árvores de crescimento rápido são uma boa opção. Muitas vezes elas são árvores muito agressivas e podem causar grandes “estragos”. Assim sendo, procure orientação antes de plantar qualquer árvore no pátio ou na calçada. Fora a árvore em si é preciso verificar outros aspectos como o tamanho da calçada, tamanho do canteiro, distância de postes de luz, das esquinas e das placas de trânsito e o afastamento da rede de alta tensão.

Como deve ser feita a poda na cidade? A poda deve ser feita para propiciar a convivência da árvore com o equipamento urbano, sem precisar removê-la (poda emergencial), para conduzir melhor a árvore ou para ajudar na sua formação. Há técnica para isso e o equipamento deve ser adequado (ou seja: não é qualquer pessoa que pode fazer esse serviço!). Uma poda mal feita pode condenar a árvore. Há árvores que aceitam bem a poda, outras não. Esse conhecimento é essencial... De qualquer maneira vale lembrar que a poda drástica (aquela que tira quase toda a copa da árvore) é PROIBIDA. Algumas dicas importantes:

A melhor época para realizar a poda são os meses de maio, junho, julho e agosto (popularmente os meses sem “r”), quando a maioria das plantas encontra-se em repouso vegetativo;
Nunca pode plantas floridas;
A melhor época para podar é durante a lua minguante, quando há menor circulação de seiva;
Só use ferramentas adequadas e muito bem afiadas (nada de facão!);
Procure usar um cicatrizante para evitar a entrada de fungos e bactérias;
Corte sempre em ângulo e acima da gema;
Brotos “ladrões” devem ser retirados;
Elimine ramos doentes, tortos e mal formados;

Como fazer a poda de galhos passo a passo: